ZEN Surf. de Trem !!! Em ondas de viagens e informação ...

Zen surf de trem é um blog/coluna, que aborda de maneira jovial e sem compromisso, a realidade de um lugar diferente, os pensamentos de um sonhador e as informações de uma banda que luta em busca divulgar o seu som e sua ideologia . Um blog onde o debate é a palavra de ordem, do social a ufologia, sempre respeitando a opinião do próximo. Publicado em diversos jornais e sites do Mato Grosso do Sul.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Natureza: o maior presente de Deus para seus filhos

Caros leitores!

Todos os dias somos bombardeados pela mídia com notícias sobre o aquecimento global, diminuição da camada de ozônio, aumento da poluição, enchentes, furacões, além do aparecimento de novas doenças. Existe alguma relação entre os impactos ambientais e o acontecimento desses fatos?

Sim, existe. Acontece que os homens esqueceram o valor e o poder que a natureza exerce sobre suas vidas. Atualmente o pensamento humanista-ambiental foi superado pelo econômico, estando voltado a acumular riquezas, comprar novas áreas para a produção e exploração de alimentos, combustíveis ou minerais, visando assim, alcançar a felicidade e o desenvolvimento. Acontece que ao focarmos apenas o valor econômico em nossas vidas, esquecemos da essência humana que é a convivência pacífica com o meio ambiente e com Deus. Tudo o que compramos, por mais transformado que esteja, com certeza foi retirado da natureza.

Na verdade o homem não criou nada, a criação é divina, incapaz de ser realizada por seres humanos, cabendo a nós apenas a função de transformar a materiaprima em algo útil para o homem. Para você perceber isto, basta olhar em tudo ao seu entorno, desde a televisão, mobília de sua casa ou até mesmo seu automóvel, têm todos os componentes retirados da natureza.

A Bíblia, livro sagrado para os cristãos e base do pensamento ocidental, conta que Deus deu o direito ao homem de usar as plantas e animais, dar nomes aos mesmos, bastando a ele à responsabilidade de não comer um fruto proibido. Esse local de extrema harmonia entre o homem e a natureza ficou conhecido como Paraíso, ou Jardim do Éden. Mas ao desrespeitar a vontade divina, o homem foi mais longe, buscando incessantemente o contrário do ensinamento divino, confundindo a responsabilidade de cuidar da natureza, com dominá-la.

Por mais esperançosas, nossas atitudes cotidianamente caminham em um sentido contrário a conservação do meio ambiente. Com exceção de alguns agricultores, pilotos de aeronaves, militares, meteorologistas, místicos ou curiosos. Quem diariamente olha para o céu para analisar a formação das massas de ar? Entende o movimento de rotação e translação terrestre? Ou mais simples ainda, consegue se orientar pelos astros?

Talvez esses exemplos comprovem tudo aquilo que foi escrito anteriormente. Esquecemos o valor da natureza e confiamos plenamente na ciência como salvadora da humanidade. Mas essa ciência-técnica, usada e aclamada atualmente, é a mesma ciência que está condenando a natureza, pois é através das máquinas e da “inteligência” de seus criadores que retiramos da natureza tudo aquilo que precisamos.

Não é preciso voltar ao tempo de homens primitivos para conseguirmos viver em paz com a Natureza, tampouco deixar de comprar, afinal trabalhamos muito para gastar nosso dinheiro como queiramos e muito menos deixar de acreditar na ciência. Para convivermos em paz com a natureza basta aprender novamente a olhá-la com carinho, perceber sua beleza e aceitar sua superioridade, afinal de contas, nenhum ser vivo é capaz de vencer a força de uma enchente, furacão ou terremoto. Como diria Mahatma Gandhi: “a natureza produz o suficiente para nossa carência. Se cada um tomasse o que lhe fosse necessário, apenas o necessário, não haveria pobreza no mundo e ninguém morreria de fome”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pratique o Zen Surfismo de Trem: Corpo são , mente sã (((((Em ondas de viagens e informação !!!))))

Loading...