ZEN Surf. de Trem !!! Em ondas de viagens e informação ...

Zen surf de trem é um blog/coluna, que aborda de maneira jovial e sem compromisso, a realidade de um lugar diferente, os pensamentos de um sonhador e as informações de uma banda que luta em busca divulgar o seu som e sua ideologia . Um blog onde o debate é a palavra de ordem, do social a ufologia, sempre respeitando a opinião do próximo. Publicado em diversos jornais e sites do Mato Grosso do Sul.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Fronteira Alternativa, nadando contra a corrente e fazendo a diferença.


     Se o Mato Grosso do Sul, tem sido representado nacionalmente e internacionalmente pelos artistas do “novo sertanejo”, ou sertanejo universitário, a fronteira invisível entre o Brasil e o Paraguai, mais especificamente Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, com toda certeza, está literalmente como dizia Cazuza, “nadando contra corrente”.
     Com a produção autoral das bandas e artistas do segmento alternativo, se solidificando cada vez mais, a “fronteira dos hervais” vem mostrando que dispõe de artistas com muito talento, e que dia após dia vem ganhando espaço e reconhecimento do público e da crítica no estado de Mato Grosso do Sul.
     Com bandas como Retorno Comum, X Drive, Atos Falhos, Tokomadera, Nova Sociedade e Surfistas de Trem, a fronteira vem se solidificando cada vez mais como um celeiro da música alternativa no MS, seja no hard core, reggae, pop, samba rock ou rock and roll, a produção autoral se torna cada vez mais frequente entre o segmento.
     Uma prova disto é a participação maciça da chamada “moderna música da fronteira”, no 4º Kit de Difusão Musical, que será lançado pela Fundação de Cultura do MS (FCMS), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande no próximo dia 11 de dezembro.
     O projeto visa divulgar a nova produção autoral do estado, para todo o Brasil, nos diferentes segmentos musicais. No Kit de Difusão Musical 2011, pela primeira vez, o projeto recebeu a participação de um artista da fronteira, a banda Surfistas de Trem, que neste ano além de participar novamente do projeto, abriu caminho para mais dois representantes fronteiriços do segmento alternativo, Retorno Comum e Atos Falhos, solidificando cada vez mais a nova fase da música autoral que a “fronteira invisível” tem passado.
     O que tem crescido, tende a crescer ainda mais, com o lançamento de materiais inéditos autorais das bandas em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero.
     É sob essa tendência de crescimento e fortalecimento da música autoral alternativa da fronteira, é que acontece neste sábado, em clima de total harmonia a 5ª Edição do Rock Gol, evento realizado anualmente, pelo diretor de cultura municipal e radialista (Sábado Alternativo – 96,6), Éder Rubens. O evento é uma forma de confraternização entre os artistas locais do segmento alternativo, que participam de um acirrado campeonato entre as bandas e amigos, onde a habilidade quase sempre fica em segundo plano. O evento acontece, a partir das 16 horas, no campo sintético do Show de Bola Futebol Society e será aberto para toda a comunidade, em especial aqueles curtem a boa música e apoiam aqueles que continuam nadando contra a corrente, mas pouco a pouco colhem os frutos da sua originalidade.



João Caetano - Músico/Compositor,
líder da banda Surfistas de Trem,
Economista e colaborador do JR.




Comente, critique, opine !!!
Não se cale, pois quem cala consente.
E-mail: surfdetrem@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pratique o Zen Surfismo de Trem: Corpo são , mente sã (((((Em ondas de viagens e informação !!!))))

Loading...